Resumo do projeto

O projeto Green Village Electricity (GVE) é um esquema de eletrificação rural criado para fornecer energia limpa e fiável a comunidades rurais fora da rede na Nigéria, com base num sistema do tipo pagamento por utilização (Pay-As-You-Go - PAYG).

Desenvolvido pela GVE Projects Ltd, o plano é construir mini-redes de distribuição de energia elétrica isolada em 72 aldeias em sete estados da Nigéria, cada uma com capacidade instalada entre 24 kW e 500 kW, dependendo do tamanho da comunidade.

Depois de concluídas, as mini-redes fornecerão acesso de energia pela primeira vez a cerca de 73.500 pessoas, apoiando diretamente a meta de alta prioridade da Nigéria de acesso universal à energia até 2030.

O promotor tem 13 locais operacionais até ao momento, com uma capacidade instalada total de 650 kWp, mas ao longo do projeto tenciona expandir para 17,8 MW.

A REPP está a fornecer financiamento e acesso a dívida de longo prazo para ajudar a estabelecer o projeto como negócio sustentável que possa atrair financiamento dos mercados financeiros do setor privado, enquanto contribui para o objetivo de transformar os setores de energia nos países alvo. Até o momento, o suporte do REPP permitiu que as AIAs fossem realizadas em 24 dos sites.

A comprovação do modelo de negócios e a viabilidade do projeto devem atrair investidores internacionais interessados em desenvolver o setor de energia renovável de pequena escala na Nigéria.

As minirredes oferecem vários benefícios para as comunidades rurais da Nigéria, onde o acesso à eletricidade é, por vezes, tão baixo quanto 5% das famílias. Os projetos piloto da GVE, por exemplo, registaram uma redução de 40% nas despesas relacionadas com a energia para os seus clientes, enquanto também aumentaram a produtividade, especialmente para as instalações de processamento agrícola.

"O projeto de minirrede solar da GVE revolucionou a nossa comunidade. Desde os nossos filhos poderem estudar à noite, o que conduziu a um aproveitamento académico significativamente melhor, a um acesso à saúde melhorado e ao influxo de atividades económicas, tudo o que estamos a testemunhar é graças ao fornecimento de eletricidade muito fiável que a minirrede fornece".

- Alhaji Abdullahi Hassan, membro do conselho de governação da comunidade de Bisanti, estado de Níger, Nigéria