Resumo do projeto

Uma central de energia solar fotovoltaica de 20 MW de propriedade privada no norte do Senegal forneceu um impulso vital para a capacidade de geração num país onde mais de metade da população não tem acesso à eletricidade.

O projeto Senergy 2 em Bokhol, departamento de Dagana, é a primeira central solar operacional de um produtor independente de energia (IPP) no país e foi possível graças a um empréstimo de 20 milhões de euros em financiamento para construção da Green Africa Power (GAP). O projeto foi desenvolvido pela GreenWish Partners, uma plataforma francesa de energias renováveis.

Os altos riscos de investimento destes projetos geralmente tornam a obtenção de financiamento uma tarefa difícil para os criadores. No caso da Senergy 2, os consultores de investimento da GAP, Camco e EISER Infrastructure Partners, viram o potencial do projeto para promover o desenvolvimento da geração de energias renováveis de propriedade do setor privado num país com necessidade urgente de melhorias de capacidade.

A GreenWish Partners concluiu o desenvolvimento e o financiamento do projeto dentro de um ano, antes da empresa francesa Vinci Energies terminar a construção em oito meses, criando 150 postos de trabalho temporários no processo. Atualmente, a central emprega 25 funcionários em tempo integral e resulta numa estimativa de 22.320 toneladas de emissões de CO2 evitadas por ano.

A Senergy 2 demonstra o potencial de uma modalidade de financiamento flexível para permitir investimentos viáveis em projetos de energias renováveis em áreas onde o mercado não está atualmente a prestar financiamento.